Wednesday, November 18, 2009

Bendito seja o Mesmo Sol



Bendito seja o mesmo sol de outras terras
Que faz meus irmãos todos os homens
Porque todos os homens, um momento no dia, o olham como eu,
E, nesse puro momento
Todo limpo e sensível
Regressam lacrimosamente
E com um suspiro que mal sentem
Ao homem verdadeiro e primitivo
Que via o Sol nascer e ainda o não adorava.
Porque isso é natural — mais natural
Que adorar o ouro e Deus
E a arte e a moral ...

Alberto Caeiro

9 comments:

Renata de Aragão Lopes said...

Acabei de conhecer seu blog.
Talvez tenha chegado em boa hora.
Meus sentimentos...

Convido você a ler
"in memoriam",
poema recentemente publicado
em minha confeitaria poética.

Um beijo,
doce de lira

Isabel said...

Grata pela mensagem, Renata! De facto, a nossa escola está triste. Perdemos um colega. Vimo-lo partir...
Irei ler «in memoriam» na sua confeitaria poética!

Saudações com aroma de poesia,
Isabel Montes

actias luna said...

professora, será que se lembra de mim? bem já passaram muitos anos...fui aluna aí na Santiago Maior há 17 anos e foi minha professora 2 anos, 5º e 6º. muito gosto em reencontra-la. Ana Manuela Horta

Isabel said...

Ana Manuela, que bom ler o teu comentário! Claro que me lembro da «minha aluna»! Foste (és) muito especial! Lembro-me dos textos bonitos que fazias! Eras muito trabalhadora e criativa.
Estás muito bonita!
Muito Obrigada!

Beijo terno,
A tua ex-Profª e AMIGA,
Isabel Montes

O Profeta said...

Lembrarás tu que as manhãs
Acordam da tua luz fugidia
És esperança de perdida estrela
Quem recolhe a dor em Deus confia

Assombração que o luar esqueceu
Nas margens de um lago azul
Hoje passou a voar por mim
A última garça a caminho do sul

Era alva como a espuma do mar
Graciosa como mulher feliz
Voava de encontro ao vento
Com olhar brilhante de petiz


Boa semana


Mágico beijo

Isabel said...

Magnífica mensagem, plena de ritmo e sabedoria! Obrigada, O PROFETA!

O Profeta said...

Olá Isabel, a partida de um amigo é sempre difícil...mas os verdadeiros amigos nunca morrem, só se afastam um bocadinho...


Doce beijo minha querida

actias luna said...

Olá professora,
obrigada pelas palavras gentis, realmente estava na dúvida se se recordaria de mim. Pois o tempo passou rápido e estou a trabalhar na Ilha de São Miguel...mas ando a tentar regressar. Concorri às vagas para técnico superior no CNO aí da Escola, quem sabe? Continuação de bom trabalho e força no momento triste que é a perda de um colega e sobretudo de um amigo.
beijo da ilha verde,
ana horta

Isabel said...

Ana Manuela, que bom saber notícias de ti!
Estás num sítio muito bonito! Tenho fortes ligações aos Açores.
Desejo-te SORTE e que consigas o que desejas! Se conseguires, cá nos encontraremos, depois de tanto tempo que parece ter permanecido...!
Beijo
Isabel Montes