Saturday, October 11, 2014

EM JEITO DE ... «OI!»


O sonho 
O sonho é a ponte para a outra margem.
O sonho é a bebida que m'embriaga.
O sonho é a droga que não tomo.
O sonho é o comprimido que m'acalma.
O sonho é o abraço que me fortalece.

O sonho é o meu abrigo.

2 comments:

V.B. Mello said...

O sonho... Sem o sonho (sonhar e fazer sonhar) - matéria-prima do espírito -, que embriaga e transporta para além da aparência imediata das coisas e das pessoas - a outra margem -, a poesia não tem qualquer razão de ser...
*
Naveguei pelo seu blog e vi que existe aqui muitos textos bons e que despertam o espírito poético, e fazem sonhar...Parabéns! Voltarei assim que puder. Abraço.

Maria Isabel Montes said...

Muito obrigada, V.B. Mello!!
Bom fim de semana!