Wednesday, November 14, 2012

Apresentação do livro O HOMEM SEM ALMA




 
Imagem de Rui Matos (adapt). Muito Obrigada!

Isabel Montes, jornalista Paulo Barriga e Dra. Maria João Pina
 

 

A todos os que estiveram presentes no evento, apesar da chuva que se fazia sentir, o meu sincero agradecimento.Há sempre quem marca presença, está onde gostamos que esteja. Obrigada pelas palavras proferidas e pelo apoio.
 
        O Homem sem alma, sob a chancela das Edições Vieira da Silva, é o meu terceiro livro e as ilustrações (aguarelas) também são de minha responsabilidade.
Memórias envoltas em imaginação dão forma a uma aventura narrada na primeira pessoa do singular, por alguém do sexo masculino (“a ser solidário com as pessoas”) que vai revivendo o passado com um olhar crítico de quem já não é criança.
Desde o porquê de nomes de ruas que mudam; passando por figuras míticas que deambulam nessas mesmas ruas; os valores éticos: o respeito por quem perdeu a vontade de viver ou a memória (alma?), a amizade, a cumplicidade entre amigos e a geração mais velha; a fé na crença da cura de um problema de demência (alzheimer?) que afeta cada vez mais o ser humano neste século, são “cenários de aprendizagem” que a curiosidade de um olhar levou à descoberta de um lugar paradisíaco onde se realiza o encontro entre quem está ausente com quem pode ser o mediador, o «curador», porque CRER É PODER.
Um livro escrito com crianças e adultos que habitam o meu mundo e que, de certa forma, aí permanecem com saudade, carinho e respeito.
Se me permite, Paulo Barriga, transcrevo um excerto da sua comunicação que a todos encantou:
“Lembremos que 2012 é o Ano Europeu para o Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações. E é precisamente disso, do envelhecimento, da doença, e do respeito geracional que fala o livro. Do ciclo da vida, do ciclo do eterno retorno, tão metaforicamente demonstrado pela parábola da serpente Oroboros. E o encontro fascinante e surpreendente das crianças com a alma perdida do senhor simpático, na praia que misteriosamente havia na cave de sua casa, é algo imperdível.”

Um Bem-haja à Junta de Freguesia de Ferreira do Alentejo, na pessoa do Senhor Presidente José João Cavaco, que me apoiou desde o início.

4 comments:

Rute said...

Parabéns Isabel, pelo blog
Seja sempre bem vinda a Literatura Infantil
Bjs
Rute Beserra

Maria Isabel Montes said...

Muito obrigada, Rute!
Continuação de bom trabalho em prol da Literatura Infantil!

Bjs

Maria Rodrigues said...

Muitos parabéns Isabel. Hoje passo especialmente para desejar um Natal muito Feliz.
Beijinhos
Maria

Maria Isabel Montes said...

Muito obrigada, Maria!
Votos de um Santo e Feliz Natal!

Bjinhos